Jornal O PODER

Seja bem-vindo ao Jornal O PODER

Política e Mercado

Notícias

05 de ago | Jornal O Poder

BRIGA DE COMADRES - NINGUÉM FALA A MESMA LÍNGUA NA CONVENÇÃO DO PSB - ASSISTA AO VÍDEO

Ao longo da semana as coisas já vinham degringolando. A escolha do vice foi um trauma e tirou apoios, sem levar nenhum. Ninguém de peso aceitou o Senado e a escolha foi, com todo o respeito, uma enorme invenção. Um tapa buraco como nunca se viu no primeiro time da política paraibana. Lula declarou apoio a Veneziano e nem sequer cogitou aparecer na convenção do PSB. . Alckmin, o popular chuchu 2%, foi escalado para vir. Tira voto de qualquer um, menos de Lula, que é blindado.

Aí...

Batucada, cargos de confiança fantasiados de militantes, boas imagens para a TV. Até que o presidente da Assembleia, Adriano Galdino, pegou a palavra. Galdino é um poço de mágoas com João. Isso já era comentado nos bastidores. À boca miúda. Mas foi Galdino chegar ao microfone e a farofa voou pelo ventilador e tomou conta do ambiente. Não restou alternativa ao Governador: tomou o microfone e deu uma resposta desaforada. Não teve charanga que cobrisse o bate boca.

O FUTURO

Se Galdino se dá ao respeito, rompe. Se for cachorro manso e botar o rabo entre as pernas, se desmoraliza para sempre. Em síntese , o que interessou na convenção do PSB foi esse bate boca nunca visto.

E ALCKMIN?

É danado. Ninguém percebeu. Ele veio? Disse o quê?

Disse o que?
Bem, no vídeo postado adiante dá para ver bem claro que Alckmin, quando ouviu a lavagem de roupa suja, tratou de escapulir de fininho.
Confira.