banner
Jornal O PODER

Seja bem-vindo ao Jornal O PODER

Poltica e Mercado

Notcias

03 de dez | Hylda Cavalcanti

Braslia no escuro - Apages assustam a populao

Braslia teve problemas no fornecimento de energia esta semana, o que levou autoridades a pedirem providncias e at cogitarem a instalao de uma CPI. Tudo comeou com apages que duraram entre trs e nove horas, depois de chuvas intensas, em dez regies do Distrito Federal nas ltimas segunda (29) e tera-feira (30). Ficaram sem luz 10% da populao (quase um milho de habitantes), moradores da Asa Norte e das cidades de Planaltina, Guar, guas Claras, Taguatinga, Ncleo Bandeirante, So Sebastio e Fercal assim como do Lago Norte e Lago Sul.

PROVIDNCIAS
A empresa NeoEnergia, responsvel pelo fornecimento de energia do DF desde que venceu o leilo de privatizao da Companhia Energtica de Braslia (CEB), em maro, se desculpou. Explicou numa nota que colocou equipes extras nessas reas e que est tomando providncias adequadas. Tambm coloca em operao segunda-feira (6) um balco para atendimento na Cmara Legislativa do DF. Da mesa forma, tem realizado reunies com representantes do Executivo.

MODERNIZAES
Diretores da empresa argumentaram que por conta dos raios e ventanias, o desligamento dos circuitos se fez necessrio aps piques frequentes de energia para evitar danos e que o servio foi restabelecido de forma gradativa. Eles admitiram, porm, que h muitas modernizaes a serem feitas no sistema, mas ainda no foram concludos, levando-se em conta o perodo recente em que assumiram a antiga CEB.

ACOMPANHAMENTO
Mas vrias crticas pesam sobre a operadora. O deputado Chico Vigilante (PT) denunciou muitas demisses aps a privatizao e disse que isso pode ter interferido no trabalho. No se pode falar em modernizao se no houver tcnicos suficientes, reclamou. O deputado Reginaldo Veras (PDT) alertou para a necessidade de se avaliar se os servios prestados esto dentro dos parmetros da Aneel. Com a luz de volta e as vrias iniciativas em curso, os moradores ficaram mais tranquilos, mas ainda com um p atrs. Afinal, este perodo marcado por muitas chuvas na capital do pas.