Jornal O PODER

Seja bem-vindo ao Jornal O PODER

Poltica e Mercado

Notcias

25 de nov | Edson Mendes

Artigo - Dr. Z Paulo e as cartas marcadas: O mel e o fel - Edson Mendes*

Dr. Z Paulo Cavalcanti Filho ser eleito hoje para a cadeira 39 da Academia Brasileira o que se diz aqui no Raso da Catarina. Na periferia, isto , no resto do mundo, contudo, no se cansam muitos de anunciar o fim do mundo, do bom e do belo, do cu e da terra. Queixam-se das uvas, que esto verdes, das esperanas, maduras, e das cartas, marcadas. Meus primos acham que isso mesmo, o cu e a terra e as uvas, tudo h de se acabar um dia mas o que se deve fazer, no interstcio!?

CARTAS, CARTAS

As cartas esto marcadas, certo, mas no viciadas. No h um vcio, e sim uma virtude: preciso jogar o jogo, e as marcas so de fato as regras e os princpios que tornam possvel, mais que existir, viver. Se possvel, uma boa vida. Um samba, um jazz, um tango, uma taa de vinho, ou mesmo de cicuta, um sorriso, ou um rctus, nas mos um afago, nos ombros o 'sentimento do mundo'. Para esta longa jornada noite a dentro que ns inventamos, ento, a 'confraria'.

OS OUTROS

E neste serto de poucos afagos, mas muitos afetos, o dr. Z Paulo, um crupi que tanto entende de fgados quanto de abelhas, prope "uma reflexo sobre nossas almas: continuamos gostando mais de falar que de ouvir; de reclamar que de fazer; de julgar que ser julgados, ns que somos sempre corretos, enquanto incorretos so sempre os outros."
E mesmo sem ter visto Atena nua nas guas, como o cego Tirsias, diz que "o segredo da vida talvez seja sabedoria para aprender com o amargo fel, mas tambm humildade para aproveitar a doura do mel.".

AS CARTAS E O HOMEM

Ns, naturalmente, ouvimo-lo. E acreditamos quando nos afirma que o que diz "certamente nada tem a ver com abelhas ou bebidas amargas, sendo antes uma apreciao pessoal sobre a fragilidade da condio humana feita de barro trgico, rareado de estrelas."
So estas as cartas. este o homem.