banner
Jornal O PODER

Seja bem-vindo ao Jornal O PODER

Poltica e Mercado

Notcias

16 de set | CNN Brasil

VACINAO EQUIVOCADA - PROBLEMAS COM ADOLESCENTES

O ministro da Sade, Marcelo Queiroga, afirmou hoje que a recomendao pela suspenso da vacinao contra Covid em adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades se deve pela notificao de casos de eventos adversos em jovens que receberam imunizantes que no foram o da Pfizer.

1.500 COM EVENTOS ADVERSOS
Segundo o ministro, a vacinao deste pblico foi intempestiva e ao menos 3,5 milhes de adolescentes teriam sido imunizados com vacinas que no eram a recomendada pela Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria (Anvisa). Destes, mais de 1.500 teriam sofrido eventos adversos.

ERROS DOS ESTADOS
Diante destes nmeros, Queiroga disse que resolveu pela suspenso porque o Ministrio da Sade no pode se responsabilizar por erros de imunizao dos Estados. O ministro enfatizou que os Estados devem seguir as recomendaes do Programa Nacional de Imunizaes.

SEM AUTORIZAO DA ANVISA
No d para o Ministrio da Sade se responsabilizar por condutas que so tomadas fora das recomendaes sanitrias do pas. No apliquem vacina que no tem autorizao da Anvisa; e me no levem suas crianas para sala de imunizao para tomar vacina que no tem autorizao da Anvisa porque ns no vamos aceitar isso, disse.

VACINA ERRADA
Queiroga criticou os estados de So Paulo, Maranho, Amazonas e Rio de Janeiro, onde, segundo levantamento do Ministrio da Sade, teria uma ocorrncia maior de aplicao de doses que no eram da Pfizer em adolescentes. Segundo ele, dos 1.545 casos relatados de efeitos adversos ps-vacinao em adolescentes, 93% incorreram em pessoas que receberam imunizantes que no foram da Pfizer.

DOSES TROCADAS
s vezes tomaram a primeira dose de um imunizante e a segunda de outro imunizante. Houve vrios erros de imunizao neste processo. Monitoramos os casos e a maioria so efeitos adversos leves, mas um relato de um paciente em So Paulo teve morte temporariamente associada ao processo de vacinao, mas no sabemos se o paciente tinha comorbidades ou no, disse o ministro da Sade.

2 DOSE S DA PFIZER
Ainda segundo Queiroga, adolescentes que tomaram a primeira dose de imunizante que no o da Pfizer no devem tomar uma segunda dose. De acordo com o ministro, somente adolescentes que tomaram a vacina da Pfizer devero tomar a segunda dose.