banner
Jornal O PODER

Seja bem-vindo ao Jornal O PODER

Poltica e Mercado

Notcias

14 de set | Jorge Zaverucha

DE OLHO NA POLTICA - Artigo de Jorge Zaverucha* - O JOGO DA GALINHA

A Teoria dos Jogos estuda, dentre outros, o chamado Jogo da Galinha (chicken). Galinha em ingls uma gria depreciativa usada para definir uma pessoa como frouxa, marica, amarelona etc. Ou seja, quem foge do embate final com medo de suas consequncias.

QUEM PERDE O JOGO
O jogo desenvolve-se da seguinte forma. Dois motoristas partem com seus respectivos veculos em alta velocidade e em sentido opostos por uma pista nica. S h espao para um veculo passar. Caso ambos motoristas adotem a estratgia dominante de manter o p no acelerador, em algum momento haver uma coliso frontal, ambos morrero e o jogo acabar. Ganha quem conseguir fazer com que seu oponente saia para o acostamento. Quem desvia chamado de galinha. E perde o jogo.

EFEITO DO DISCURSO
No dia 7 de setembro passado, Bolsonaro chamou Moraes de canalha e disse que no mais cumpriria suas ordens judiciais. Discurso golpista. Finda a emoo de discorrer para uma multido incensada, o Presidente comeou a sentir os efeitos de sua fala. Embora tenha um general como seu Ministro da Defesa, o Exrcito preferiu ficar observando a disputa. Alguns parlamentares ameaaram retirar seu apoio no Congresso. Com isso, aumentaria a presso pela abertura do impeachment presidencial. O mercado reagiu mal, e o STF mostrou firmeza ante o seu discurso.

CESSAR FOGO
Alm do mais, o Presidente perdeu o controle sobre um setor mais radical dos caminhoneiros. Uma greve dos mesmos afetaria a economia que j vem apresentando suficientes problemas. Bolsonaro ento ligou o modo sobrevivncia poltica. Precisava de uma mudana de rota rpida antes que os dois veculos se aproximassem e ele fosse obrigado a desviar da coliso. Ser chamado de galinha seria o fim de seu governo. No havia tempo a perder. Mandou trazer Temer de avio da FAB para mediar o cessar fogo. Algo diferente de acordo de paz.

VERSO DE CADA UM
Como Moraes estava muito desgastado perante a sociedade e, tambm, entre alguns de seus colegas, noves fora os pedidos de impeachment protocolados contra sua pessoa, interessou-lhe a intermediao de Temer. De fato, a coliso veicular foi evitada e cada lado pode desenvolver a narrativa que mais lhe interessou para explicar o recuo. Especialmente, o de Bolsonaro.

DESCONFIANA PERSISTE
As desconfianas mtuas, todavia, persistem. Ou seja, o equilbrio instvel. Nada impede de Bolsonaro voltar ao centro da arena. Afinal, ele no foi nocauteado e capaz de mobilizar uma ampla e aguerrida torcida. Isto conta, e muito. Contudo, ter de apresentar uma nova estratgia de luta pois as circunstncias polticas foram alteradas. Por sua vez, o Supremo deve colaborar amenizando algumas de suas decises afrontosascomo a de que juiz pode investigar crime-- e frear seu ativismo poltico. Caso contrrio, poder ser acusado de violar os termos do cessar fogo. Termos estes, por sinal, que ainda no foram, publicamente, revelados em sua plenitude.

* O autor Professor da UFPE e doutor em Cincia Poltica pela Universidade de Chicago