---203
--- Jornal O Poder - Notcias
Jornal O PODER

Seja bem-vindo ao Jornal O PODER

Poltica e Mercado

Notcias

09 de jun | Por Severino Lopes

A MAIS LIDA das 13 h - FUNGO NEGRO PERIGOSO MAS NO CONTAGIOSO

A mucormicose causada por mofo encontrado em ambientes midos e pode atacar o trato respiratrio. Mdicos acreditam que a doena pode estar afetando pacientes que foram diagnosticados com coronavrus e que ficaram com imunidade baixa. O chamado fungo negro pode levar morte.

PROPAGAO

A Mucormicose, conhecida como "fungo negro", no contagiosa e no tem o mesmo poder de propagao da covid-19. Pelo menos foi o que garantiu a bioqumica paraibana Neusa Maria Cavalcanti Oliveira. Ela explicou que o fungo causado por mofo encontrado em ambientes midos, como solo ou composto, e pode atacar o trato respiratrio.
A bioqumica tranquilizou a populao ao garantir que o fungo no contagioso e no se espalha de pessoa para pessoa. Ela observou que as pessoas devem tomar os cuidados para evitar o contgio, mas que a nova doena no motivo para pnico.
"Como se trata de um fenmeno novo, temos que ter subsdio antes de dizer que se trata de uma associao com a covid" .

PACIENTE

A mdica enfatiza que o paciente com covid extremamente manipulado com uso prolongado de antibitico. Ela observou que a prpria permanncia do paciente no ambiente hospitalar e na UTI, favorece a implantao desse fungo. A mdica observou que o fungo se implanta de forma oportunista, sendo que uma pessoa saudvel dificilmente ser contaminada.

COMPLICAES

Em meio s incertezas, a Secretaria de Estado da Sade da Paraba (SES) est investigando dois casos de Mucormicose. A doena ainda misteriosa para a comunidade cientfica e pode atacar pacientes que j tiveram a covid-19.
Dois pacientes no Estado morreram em decorrncia de complicaes causadas pela doena. Uma das pacientes, do municpio de Areia de Baranas, morreu aps um perodo de internao no Hospital Universitrio de Joo Pessoa. Outro paciente, um homem de 38 anos, reside em Joo Pessoa, e j est curado.

INVESTIGAO

O secretrio de Sade da Paraba, Geraldo Medeiros, explicou que o fungo pode estar associado com a covid e que o que est sendo investigado. A suspeita, conforme observou o secretrio, que o fundo ataque principalmente pacientes imunossuprimidos e diabticos diagnosticados com a covid-19. Os possveis casos esto em investigao e analisados pela Vigilncia de Sade do Estado, explicou Geraldo.
Temos um outro caso que brevemente pode ser confirmado ou no disse.

PODE SER FATAL

Segundo o secretrio Geraldo Medeiros, o fungo no contagioso, mas pode ser fatal. As estatsticas apontam que a mucormicose causa a morte de mais da metade das pessoas acometidas pela doena.
Mesmo quando sobrevivem, comum que os pacientes precisem passar por cirurgias mutilantes para retirar partes do corpo afetadas pelo fungo, como os olhos.

CASOS NOVOS

A Mucormicose no uma doena nova e j circulava no Brasil, mas no era preocupante porque a maior parte das pessoas tem defesas para lidar com o fungo. Com a covid-19, porm, vm sendo registrados mais casos, nas pessoas que esto com a imunidade comprometida. Na ndia, o fungo j foi detectado em 9 mil pacientes de covid-19.
O que assusta os infectologistas que a doena est atacando pacientes que tinham se recuperado da covid-19 ou estavam em processo de recuperao, por isso, acabou associada pandemia. Segundo os infectologistas, a doena ocorre em pessoas com baixa imunidade e que a diabetes uma comorbidade de risco tanto para covid-19 quanto para a infeco fngica.